domingo, 17 de maio de 2009


" ...não fugia para me salvar; corria para proteger algo infinitamente mais precioso."



...



Bem, na verdade

...


" Serei capaz de enfrentar tudo enquanto isso fosse verdade. Endireitei os ombros e fui ao encontro do meu fado, com o destino solidamente ao meu lado. "


...


..." Mesmo assim, naquele instante, senti-me bem. Completa. ... Era como se nunca tivesse havido um buraco no meu peito. Sentia-me óptima - não curada mas como se nunca tivesse existido qualquer ferida."

[ Lua nova, Stephenie Meyer]

video

Sem comentários: